Filtros
Cor
  1. NATURAL (1)
  2. PINK (1)
Tamanho sem Vibro
  1. Pênis até 15cm (1)
Preço
  1. R$0,00 - R$100,00 (16)
  2. R$100,00 - R$200,00 (9)
  3. R$200,00 - R$300,00 (4)
Tipo de Rotativo
  1. Com pilha (1)
Marca
  1. Adão e Eva (12)
  2. Hot Flowers (4)
  3. Outras marcas (13)

Cintas Penianas

Devido à natureza frequentemente cheia de tabus das atividades sexuais de inversão, as informações sobre sua história são difíceis de encontrar. Um relatório de 1899 de Haberlandt documentou o uso atual e histórico de pênis de dupla penetração em Zanzibar e é um dos poucos documentos históricos deste tipo. O uso de adereços femininos na China antiga foi documentado, mas não está claro se eram pênis duplos, cinta-pênis ou apenas um simples vibrador sendo usado por uma mulher em outra pessoa. Na Grécia antiga, os dildos eram feitos de pedra ou couro acolchoado, e algumas evidências mostram que o couro mencionado anteriormente também era usado para fazer um arreio, e o azeite utilizado para a penetração. Um dildo de dupla penetração foi encontrado na França antiga, mas seu uso está perdido no tempo. Uma pintura chinesa do século XIX mostra uma mulher usando um pênis amarrado ao sapato, mostrando que o uso criativo de correias já estava bem encaminhado. Muitos artefatos do Paleolítico Superior que foram encontrados parecem ser dildos, incluindo um "bastão" duplo com um furo no meio, teorizado para ser uma correia para segurá-lo. O Kama Sutra inclui menção de dildos (darshildo em Hindi) feito de uma grande variedade de materiais, e usado à mão, com laços (correias) ou em um arreio. É provável que a história da cinta seja paralela à história do vibrador e, dada a idade de muitas descobertas, é uma história bastante longa.

Uma das grandes coisas sobre cinta peniana ou strap-on é que qualquer um pode usá-los. Se você tem um pênis, você pode usar uma cinta. Você pode usar uma para penetrar um parceiro de qualquer gênero, para subverter papéis de gênero ou para desempenhar esses papéis. Você pode usar um para se divertir, ou pode usar um para gerenciar desafios eréteis ou orgásmicos. Você pode usar uma cinta para sexo vaginal, sexo anal, sexo oral ou masturbação.

Uma cinta peniana (também cinta-pênis, strap-on ou arreio) é um penetrador com ou sem vibrador projetado para ser usado, geralmente com uma cinta ou espécie de arreio, durante a atividade sexual. As cintas e os dildos são feitos em uma grande variedade de estilos, com variações em como a cinta se encaixa no usuário, como a prótese é prendida no cinto, bem como vários recursos destinados a facilitar a estimulação do usuário ou um parceiro sexual.

Tipos de cinta peniana
A primeira parte de uma cinta é a parte onde se conecta o pênis ao corpo do usuário, geralmente em uma posição semelhante a um pênis. Uma boa cinta deve ser robusta e confortável, e em algumas vezes projetado para fornecer estimulação para o usuário. Muitos tipos estão disponíveis, com diferentes níveis de qualidade, e a principal característica a ser avaliada é a qualidade do material, tanto o que conecta o pênis, quanto os que prendem a cinta no corpo do usuário. O modelo mais comum é formado por tiras que prendem na cintura e bumbum e vestem como uma peça íntima.

Locais do corpo
Os strap-ons não se limitam à virilha e, de fato, muitos tipos estão disponíveis para outras partes do corpo. Um popular é o da coxa, que atribui um vibrador à coxa do usuário (ou outra parte das pernas ou braços, embora isso seja muito menos comum), permitindo muitas posições únicas, já que a penetração não está mais limitada ao que poderia ser feito com um pênis.

Material
Os tecidos de nylon e o couro sintético com espuma macia são comuns, relativamente acessíveis e muito duráveis. Os materiais sintéticos são relativamente fáceis de limpar e exigem manutenção relativamente pequena.

O couro sintético é confortável e se ajusta ao corpo do usuário, mas ainda é forte. Alguns strap-ons são feitos com vinil flexível. Estes são frequentemente disponíveis em cores além do preto tradicional. Eles podem ser menos confortáveis ​​do que outros materiais, e podem ser difíceis de ajustar, mas são muito fáceis de limpar e bastante robustos.

Tipos de Dildo
A característica mais notável de qualquer configuração de cinta é o penetrador usado. Existe uma grande variedade de dildos, e enquanto as escolhas podem ser limitadas pelo tipo de strap-on em uso, geralmente pode-se escolher entre vários tipos comuns que se encaixam no orifício da cinta. Inclusive podendo ser com ou sem vibrador, de diferentes tamanhos, formatos e materiais com um ou mais dildos.

Usos comuns
Além dos diferentes tipos de cintas e dildos, existem maneiras diferentes de usar uma configuração de cinta. Geralmente as formas de usá-los podem ser divididas em várias categorias amplas, no entanto, existem variações infinitas.

Pegging: é quando uma mulher usa a cinta para penetrar um homem.

Sexo entre mulheres: sexo feminino, relações sexuais do mesmo sexo é um dos usos mais comuns de strap-ons.

Disfunção erétil: os homens com disfunção erétil podem usar para poder penetrar na (o) parceira (o), usando um com um pênis oco ou colocando o pênis debaixo do dildo. Por exemplo, em um caso documentado, um paciente com câncer de próstata com disfunção erétil devido à terapia de privação de androgênio anticancerígena poderia penetrar sua (seu) parceira (o) com o dildo enquanto ela estimulava seu pênis manualmente. O relatório inclui uma narrativa pelo paciente de sua experiência, onde ele escreve que, embora ele e a parceira inicialmente relutassem, ficaram altamente satisfeitos, além de sua experiência sexual anterior como um casal: ele achou mais confortável sem a preocupação de saber se seria capaz de manter uma ereção. A parceira alcançou o orgasmo com confiança, enquanto que anteriormente ela não tinha orgasmos apenas por penetração.

Dupla penetração: algumas mulheres acham que a penetração vaginal e anal simultânea é agradável e, além de usar um dildo de dupla penetração discutido anteriormente, pode experimentar isso com um parceiro masculino usando um cinto. É escolhida uma cinta que permite que o pênis do homem se estenda sob a cinta, permitindo-lhe inserir tanto o pênis quanto o dildo. O pênis penetraria o ânus e o dildo na vagina; ou vice versa.

Enfim, há amplas possibilidades de uso destes acessórios, experimente novas possibilidades de prazer.