Anastasia Steele. Christian Grey. Estes nomes são familiares para você?

A literatura erótica é, sem sombra de dúvidas, muito mais consumida por mulheres. A dica é que os livros desse gênero também podem ser lidos a dois para que o que o casal saia da mesmice da rotina, inspirando para o romântico, mas principalmente para esquentar o clima.

Aqui lhe contamos como pode ser interessante introduzir ou reforçar o hábito de ler literatura erótica especialmente em casal e indicamos algumas boas dicas de livros que vão muito além de 50 Tons de Cinza e seus protagonistas, citados inicialmente. Confira com a gente!

Literatura erótica: um mundo de fantasias à parte

De vez em quando a mulher pode envolver seu par numa leitura mais picante e já irem se preparando para a hora H. Nossos ouvidos são poderosos… Uma frase lida de modo mais pausado e até sussurrado, um beijinho no pescoço, uma bitoca, uma mão aqui, outra ali… é todo um clima que pode ser criado para o grande momento!

Mesmo o homem pode comprar um dos livros que apontamos abaixo e começar o ritual de leitura com seu par, que pode culminar em sexo e prazer.

Além de ganhar um vocabulário um pouco maior, ao ler literatura erótica você estará acumulando ao seu repertório ideias de posições, frases picantes, situações e programas onde o amor e o sexo podem estar plenamente entrelaçados. A ideia é mesmo experimentar coisas novas.

A leitura de cenas picantes e momentos românticos dá para os amantes a ideia de que podem realizar o que leram igualmente ao que acontece nos livros ou de maneira muito particular, ou seja, do jeitinho deles.

Quantas vezes você não viu uma cena mais caliente em um filme, pensou em seu amor ou parceiro eventual e quis realizá-la com essa pessoa? Pois é, esse é um dos grandes baratos que também acontecem com os livros eróticos.

Eles têm o poder de despertar nossa curiosidade e vontade para experimentar, criar expectativas para nós mesmos e para nossos parceiros, enfim, imaginar, inspirar, desejar e, por fim, praticar.

10 livros de literatura erótica: ler, inspirar-se, pôr em prática…

Que as mulheres ficam animadas para ter momentos de prazer ao ler histórias picantes, não tenha dúvida. Os homens também não ficam atrás, e, como dissemos, eles também podem lançar mão dessa prática para estarem ainda mais próximos do universo das mulheres, tendo para com elas ainda mais identificação e prazer. Vamos a algumas boas indicações (sem ordem de importância)!

1- 50 Tons de Cinza - E. L. James

Já que mencionamos 50 Tons, vamos começar por ele, que ainda está na crista da onda, mas certamente já virou clássico. A série de livros basicamente é sobre uma universitária com pouco mais de vinte anos envolvida por um empresário bem-sucedido próximo dos trinta e extremamente controlador. Eles acabam tendo um relacionamento forte e altamente ardente, com muitas cenas de submissão e masoquismo.

2- Pornopopeia - Reinaldo Moraes

Se as mulheres endoidaram com 50 Tons de Cinza, vocês verão que este livro pode ser muito mais libidinoso, sem perder a qualidade literária. Além de ser uma verdadeira epopeia pornô, como o título sugere, é recheado de muito humor. Trata-se de um cineasta fracassado, Zeca, sem dinheiro e vivendo de improviso. Para conseguir se manter, precisa fazer uma publicidade sobre miúdos de frango. Sem saber por onde começar, ele entra numa espiral gigante de sexo, álcool e drogas. Esqueça o pudor e deixe-se levar pelo ritmo e pela narração completamente livre de tudo.

3- Kama Sutra - Vatsyayana / Richard Burton

É um livro em essência dedicado ao amor. Didático sem cair na chatice, "Kama Sutra" busca descobrir quais as melhores maneiras de se conseguir a felicidade e o prazer. Um dos pontos mais fortes do livro é indicar e analisar as técnicas sexuais, com posições que podem ser feitas para que o prazer e o amor sejam objetivamente praticados e enaltecidos.

4- A História de O - Guido Crepax

A protagonista, chamada simplesmente de "O", é levada a um castelo por seu amante René. Lá, ela é submetida a uma série de práticas de dominação, incluindo as mais criativas e bizarras fantasias de seu "senhor". A partir daí, "O" descobre que prazer e submissão são dois lados da mesma moeda e que carrasco e vítima não passam de cúmplices em um pacto sinistro que pode satisfazer a todos.

5- Pequenos Pássaros

São 13 histórias com pessoas — em sua maioria mulheres — que dão vazão à paixão das mais diversas maneiras e se lançam para viver suas mais variadas vontades sexuais. Tem beleza literária com a pimenta de um bom livro erótico.

6- Antologia da Poesia Erótica Brasileira

Um compilado com grandes nomes da literatura brasileira como Hilda Hilst e Carlos Drummond de Andrade. Os versos se alternam entre o sensual e o obsceno. Os organizadores da antologia e os escritores reunidos são felizes ao levar o leitor a um grande mundo da imaginação - com muita sensualidade e safadeza. É literatura erótica da mais alta qualidade.

7- 100 Escovadas Antes de Ir para a Cama - Melissa Panarello

Um diário, sem pudores e meias palavras, com as precoces e variadas experiências sexuais vividas por uma colegial entre os 15 e os 16 anos. Depois de perder sua virgindade, Melissa começa a contar sua história, envolvendo a descoberta de um mundo novo e diferente, o desejo de amar e se sentir amada e a ilusão de encontrar este sentimento através do sexo. Iniciação sexual para suscitar lembranças de época equivalente em sua vida.

8- A Casa dos Budas Ditosos - João Ubaldo Ribeiro

Uma mulher beirando os 70 anos que jamais se furtou a viver — sem culpa e com todo o prazer — todas as possibilidades do sexo. São as memórias de uma senhora devassa e libertina que certamente lhe movimentarão…

9- História do Olho - Georges Bataille

Conta as descobertas, feitos e extravagâncias sexuais do narrador e de sua amiga Simone, dois jovens que vivem magicamente à margem da censura adulta, percorrendo um cenário de sonhos. Ao abordar a história libertina, o autor faz revelações sobre o corpo, a vida e a morte. Com importantes ensaios enriquecedores de Leiris, Barthes e Cortázar.

10- O Sofá - Crébillon Fils

O narrador é obrigado, por decreto divino, a reencarnar diversas vezes como um sofá. Então, na "pele" do tal móvel, ele acaba por sustentar e dar apoio, literalmente, a variadas aventuras amorosas e sexuais.

Agora é com você! Leia mais. Ouse mais. Se entregue mais! Muito prazer!