Imagine a situação! Você está no meio de um dia estressante, de repente o telefone vibra. É seu amor, com uma foto insinuante te convidando para uma noite quente! Quem não gostaria?

Em época de internet e aplicativos de conversa, provocar seu amor ficou ainda mais, digamos, divertido. Isso porque não importa a distância, a comunicação ficou mais rápida e direta.

Mas atenção, esse artigo não tem a intenção de incentivar ou recomendar o nudes, até porque isso é muito pessoal e requer muita confiança entre o casal. O que queremos é dar dicas para quem já vem pensando na prática.

A possibilidade de criar e enviar diferentes tipos de mídia como fotos, vídeos e áudios pode deixar a interação entre vocês mais íntima, inovadora e, claro, muito mais picante e interessante.

Mas, para que o joguinho dê certo, é preciso ter em mente que a ideia central de mandar nudes para provocar seu amor é instigar nele ou nela o desejo, a vontade e a curiosidade. Tudo começa com a imaginação do que pode acontecer.

É a excitação do antes, o aumento do tesão até a hora do encontro, que faz a brincadeira ficar divertida e apimentada.

E engana-se quem pensa que só os homens curtem receber um nudes por eles serem mais visuais, mas as mulheres também adoram, e essas fotos alimentam, e muito, a imaginação delas, então aproveitem!

Confira mais dicas para tirar o maior proveito desse artifício e apimentar a sua relação:

Não mostre tudo

Há muitas maneiras de provocar seu parceiro ou parceira com um nudes, tudo vai depender do tempo e do nível de intimidade da relação de vocês, mas não mostrar tudo no nudes, ou ir mostrando devagar, aumenta a excitação.

Ou seja, você pode e deve brincar com as imagens. Pode, por exemplo, mandar partes estratégicas do corpo, poses insinuantes, de lingerie ou com roupa de banho, de toalha ou até mesmo totalmente nu.

Outra forma bacana de mandar nudes é em situações do dia a dia com uma roupa bem provocante (ou até sem nenhuma roupa).

Tirar fotos mostrando um ângulo de dentro da roupa é outra maneira superbacana, por exemplo, debaixo da saia sem calcinha, dentro de um decote ou o “caminho do paraíso” no caso dos homens (aquela trilha de pelos que passa pelo meio da barriga masculina e vai descendo até o pênis).

Vá aumentando a dose

Começou a brincadeira e o seu amor curtiu? Que tal ir aumentando a dose?

Comece sem mostrar muita coisa, vá curtindo e vendo como vai se desenrolar a brincadeira e como seu parceiro ou sua parceira vai se sentindo, veja o que ele/ela vai pedindo ("O que você quer ver agora?") e renda-se à brincadeira.

Muita coisa pode acontecer durante a conversa e você pode ir tendo novas ideias de poses, de fotos e até de histórias para se divertirem com muito prazer.

Deixe a vergonha de lado

Quando se fala em foto de nu, ou de alguma parte mais íntima do corpo, muitas pessoas ficam com vergonha. Logo pensam naquelas modelos ou fotos de revista e ficam retraídas.

Calma! Não se compare a modelos e padrões e nem compare seu corpo com esse tipo de fotografia. A ideia aqui é brincar, dar e sentir prazer — seu amor quer você e você tem uma arma poderosíssima para provocá-lo.

Brinque com a câmera, descubra novos ângulos, inspire-se sim nas fotografias de sites e revistas, mas não fique presa (o) a isso. Use e solte a imaginação.

Surpreenda, mas com cuidado!

Claro que ser surpreendido com um nudes no meio do trabalho, mostrando um pouco do que seu parceiro ou parceira vai encontrar quando chegar em casa, é maravilhoso e muito excitante, mas é sempre bom ter certos cuidados para garantir que ninguém mais vai acabar vendo a foto de forma indesejada.

Por exemplo, há programas que emitem notificações na tela do computador. Já pensou se aparece uma foto sua no meio de uma apresentação de trabalho do seu amor?

Por isso, tome cuidado! Garanta que seu/sua parceiro (a) esteja sozinho (a) e de que seja seguro mandar a imagem. Conversem antes, pergunte onde está e se pode mandar uma surpresa — isso garante sempre que será um presente positivo e sem constrangimentos.

Está longe? Use o nudes a seu favor

Em relacionamentos à distância ou em caso de viagens, essa também pode ser uma forma de aproximar o casal e manter a intimidade.

Nesse caso, além da provocação e da excitação para quando se encontrarem, o nudes pode ajudar na masturbação, por exemplo. É a tecnologia a seu favor.

Para apimentar

Quando se fala em sexo, sempre pode melhorar! Além do nudes, você pode mandar, por exemplo, uma mensagem com a descrição do que vai acontecer quando vocês se encontrarem ou ainda mostrar os bastidores da preparação, como um banho, um creme ou a lingerie que vai escolher.

Pode ser bem específico: conte detalhes, dê ênfase para momentos de intenso prazer.

Outra opção é gravar um áudio com o que está morrendo de vontade de fazer, contando também cada detalhe.

E há mais uma opção: gravar um pequeno vídeo de um momento íntimo, como a masturbação. Já imaginou o que isso pode provocar? O vídeo pode e deve ser bem curto e rápido, mas precisa mostrar algo realmente revelador, que vai excitar de vez e rapidamente seu parceiro ou sua parceira.

Cuidados a se tomar ao mandar nudes

Claro que mandar nudes e provocar seu amor é um artifício e tanto, digamos, delicioso, mas muita gente se pergunta se é uma boa ideia, já que, uma vez que o arquivo caia na rede, pode ser repassado a qualquer pessoa.

Essa, infelizmente, é uma realidade e por isso é sempre bom tomar alguns cuidados.

Em primeiro lugar, evite mostrar o rosto. Essa dica, além de deixar o nudes mais misterioso e divertido, te dá uma segurança extra, caso esse arquivo vaze de alguma maneira.

Em segundo lugar, e talvez seja a regra de ouro, vem o fator confiança. Seja um relacionamento novo ou antigo, se ainda não confia totalmente na outra pessoa, não mande nudes. Primeiro, porque mesmo se a pessoa não mostrar ou repassar essa foto para ninguém, você não ficará tranquilo (a) e seguro (a). E claro que quando se fala em intimidade, sentir-se bem e seguro é o primeiro passo para sentir prazer.

Uma dica final! Vá construindo histórias com os nudes, pense numa situação com começo, meio e fim, até desembocar na hora do prazer, onde o desfecho será altamente provocado, gradativamente, com as imagens ou vídeos dos momentos anteriores. Muito prazer!