Há muitas coisas que podem ser feitas entre quatro paredes. Coisas simples, mas que podem proporcionar um prazer sem tamanho. Uma delas é a massagem peniana.

Para quem não conhece, a massagem peniana, também conhecida como massagem lingam, é geralmente aplicada na massagem tântrica. Pode ser feita por um profissional em locais específicos ou pelo(a) parceiro(a) e muitas vezes é usada para tratar distúrbios, como a ejaculação precoce.

É bom lembrar que a massagem tântrica também pode ser feita em mulheres, mas aqui vamos falar da massagem lingam, que é feita apenas no homem, já que como diz o próprio nome, a palavra “lingam” significa o órgão sexual masculino.

Mas a massagem peniana também é muito usada para fortalecer os laços do casal, a intimidade e, claro, dar e receber muito prazer.

Uma pequena pausa para conhecer a massagem tântrica

É uma massagem especialmente feita com óleo ou creme, com vistas a aumentar a sensibilidade de todo o corpo e estimular os músculos genitais. É realizada, reiterando, em todas as partes do corpo, principalmente nas zonas mais sensíveis e erógenas, como virilha, bumbum, coxas e orelhas, ora em movimentos fortes e intensos, ora em toques mais sutis e cadenciados.

Inicialmente, o ideal é envolver o corpo todo. Depois, a prática deve ser focada em cada parte do corpo, especialmente as que mais interessam ao casal, buscando sempre explorar novas partes com mais intensidade e descobrir as novas sensações a partir da massagem nelas. Procure envolver todas as regiões: as laterais do corpo, nuca, pés, mãos, costas…

Anote algumas dicas importantes para quando aplicar a massagem tântrica:

— Vá com tranquilidade, sem pressa, explorando com paciência cada parte do corpo.

— A respiração tanto do massagista quanto do massageado deve ser tranquila, controlada, pois os dois têm que sentir que estão na mesma sintonia, trocando energias positivas, agradáveis.

— Sempre que oportuno, o casal, e não apenas um, deve ser massageado, pois os estímulos podem ser realizados tanto no corpo masculino quanto no feminino, sem restrições, sem barreiras.

— Sinta-se livre para usar todo o seu corpo no dele (ou dela), assim como acessórios.

Entenda um pouco mais sobre a massagem peniana

Muita gente confunde a massagem peniana com a masturbação. Na verdade, são coisas totalmente opostas, tanto por causa dos objetivos quanto em relação ao próprio movimento que não é o vem e vai da masturbação que tem como objetivo o orgasmo de fato.

Na massagem lingam, não apenas o pênis é o alvo, mas toda a região do períneo, assim como nos testículos.

A estimulação é feita com toda a palma das duas mãos na maioria dos movimentos e de forma mais leve do que na masturbação ou outras massagens.

Passo a passo da massagem peniana

Se a massagem peniana for feita a dois com a intenção de aumentar a intimidade entre o casal, é importante que os dois estejam confortáveis e dispostos a se doarem e se permitirem aproveitar tudo o que o momento vai proporcionar. Essa preparação é importante, porque, para ter todos os benefícios da massagem, é preciso que, principalmente o homem, que nesse caso vai receber a massagem, esteja bem relaxado.

Você pode usar um óleo vegetal que vai ajudar a mão a deslizar com mais facilidade.

Os movimentos são leves e precisos e possuem um ritmo mais lento do que os feitos durante a masturbação. E são muitas as opções — neste texto, vamos falar de três delas.

1- Comece massageando toda a extensão do pênis com a palma da mão, enquanto a outra o segura na parte de baixo. Faça o movimento de massagem lentamente e deixe que todos os dedos passem pela extensão do órgão. Leve a mão até o final e volte várias vezes.

2- Em uma outra manobra, uma das mãos segura firmemente na base do pênis, enquanto a outra irá fazer pequenos movimentos circulares bem na glande apenas com as pontas dos dedos, subindo e descendo.

3- Em um outro momento, com uma das mãos você puxa do prepúcio e segura na base. Com outra mão, com o dedo virado para baixo, irá massagear a extensão do pênis subindo até a glande e descendo novamente.

Esteja sempre atenta a cada movimento, se concentre no que está fazendo. Faça uma série, fique um tempo em cada movimento, cerca de 2 a 3 minutos, depois volte para o início da série e repita os movimentos um pouco mais intensamente e mais rapidamente, e por aí vai, até sentirem que é hora de parar.

A importância da conexão

O mais importante nesta massagem é não ter pressa. Muitas vezes o casal se excita e quer partir logo para a masturbação, mas, acredite, se persistir, seu parceiro terá sensações totalmente novas.

A massagem favorece a conexão entre o casal e é muito importante observar cada respiração, cada reação durante a massagem, só assim vocês serão capazes de encontrar o caminho ideal.

Descobrindo o prazer da massagem peniana

Não só os movimentos e o toque são fontes de prazer na massagem peniana, mas talvez o fato de nesse momento o homem não estar preocupado com sua performance, ele pode relaxar e se entregar totalmente ao prazer, fazendo com que este se intensifique.

O prazer proporcionado por essa massagem vai muito além do físico, é uma movimentação de energia vital, é uma troca de energia e uma entrega. É comum muitos homens terem várias ejaculações durante sua prática.

Outros benefícios da massagem peniana

A prática da massagem, além do prazer, proporciona outros benefícios, como um maior conhecimento sobre o corpo, aumento da autoestima, um controle maior da ereção e maior autoconfiança durante as relações sexuais.

Use toda a sua criatividade, seu charme, além dos seus atributos corporais e experiências para fazer uma grande massagem peniana. Muito prazer!