Pequeno, médio, fino, grosso, comprido. São muitos tamanhos e formatos de pênis que existem por ai e, também, muitas neuras que passam pelas cabeças masculinas quando o assunto é: tamanho do pênis. Afinal, papo vai papo vem e o assunto às vezes vem à tona nos grupinhos femininos e, claro, aquela espiadinha discreta dos homens quando se vai ao banheiro masculino também acontece. Quem nunca?

O estigma existe no universo masculino, que acredita que o tamanho tem relação com a qualidade do sexo e, também, no feminino, que muitas vezes pode acreditar que o bom é ter um parceiro com pênis grande. Porém, nem um e nem outro estão corretos. O segredo para uma boa vida sexual está na qualidade do sexo que se faz, na entrega do prazer, na cumplicidade do casal, além do que envolve o ato sexual: preliminares, sexo oral, pegada e parceria, não apenas a penetração em si.  O sexo acontece no toque, na pele, no cheiro e no tesão que um tem pelo outro.

No entanto, muitos homens se preocupam com o tamanho do pênis, fazendo com que várias perguntas e inseguranças surjam na hora H. “Será que vai agradar minha (meu) parceira (o)?”, “Será que vou conseguir dar prazer?”, “Será que vou atender as expectativas?”, “Era isso que ela (e) esperava?”. Fique tranquilo. Estamos aqui para tirar suas dúvidas e te mostrar o que é realidade e o que é mito em relação a esse assusto.

Essa cobrança sobre o tamanho do membro foi construída há muito tempo no Brasil, em uma sociedade que acreditava que “quanto maior melhor” e continua forte, intimidando os homens até hoje. Mesmo com diversas pesquisas e estudos que tentam tranquilizar os homens, muitos brasileiros acreditam que a medida de seu membro não é o suficiente para agradar na hora do sexo, procurando, então, soluções com médicos ou procedimentos alternativos.

Uma pesquisa que foi publicada na revista BJU International, especializada em urologia, revelou o comprimento médio do pênis. No estado flácido fica na média de 9,16 centímetros de comprimento e ereto a média foi de 13,12 centímetros. Já a circunferência fica na média de 9,31 centímetros quando flácido e 11,66 centímetros ereto. No Brasil, o comprimento fica de 12 a 14 centímetros. Porém, se seu pênis ou o do seu parceiro está abaixo desse número, não se preocupe, é possível dar e receber prazer da mesma maneira.

Há diversos fatores que influenciam o prazer durante uma relação e, não há estudos comprovando que algum deles esteja diretamente ligado à medida do membro. Muitas pessoas pensam que quanto maior, mais prazer, mas não é bem assim, pois o orgasmo é construído durante toda a relação sexual, desde as preliminares, as brincadeiras, os toques, até o orgasmo. Por isso, independente de você ser P, M, G ou GG, é importante estar seguro da cumplicidade sexual com o (a) parceiro (a) para que consiga proporcionar prazer.

Durante a estimulação sexual na (o) parceira (o), antes da penetração começar, o corpo produz uma lubrificação natural que, além de facilitar a entrada do pênis, ajuda no alcance do clímax. Esse é mais uma verdade que comprova que, o tamanho do pênis não interfere no prazer sexual, uma vez que independente do tamanho, é preciso haver conexão e estimulação para que a penetração seja prazerosa e o sexo possa fluir em sintonia até o orgasmo.

Utilizar géis e cremes de massagens, por exemplo, podem apimentar as preliminares e deixar o momento mais gostoso antes da penetração. Investir em gel aromatizante comestível que provoque sensações de quente e frio no corpo ou ao toque da boca são boas pedidas para as preliminares e sexo oral.

Se você ainda está inseguro, confira as perguntas mais frequentes para esclarecer as dúvidas em relação ao prazer ligado ao tamanho do pênis. Fique por dentro:

O tamanho do pênis interfere no prazer durante a relação sexual?

Não, isso é mito. A entrada da vagina da mulher é a área que mais possui terminações nervosas, ou seja, a zona mais sensível aos estímulos eróticos fica localizada nos três primeiros centímetros de profundidade. Sendo assim, o tamanho do pênis não vai fazer que sua parceira chegue ao orgasmo mais rápido ou de maneira mais gostosa. O que influencia de verdade é o conjunto do ato: aposte nas preliminares, no sexo oral, e, se o casal gostar, podem usar os brinquedos sexuais. O sexo ficará mais animado e o prazer é garantido.

O que pode prejudicar o desempenho do homem na hora do sexo?

Há diversos fatores que podem prejudicar, seja impedindo uma ereção ou o estímulo do parceiro. A preocupação ou ansiedade podem provocar uma impotência psicológica, sim. Essas sensações liberam substâncias, como a adrenalina, que impossibilitam o sangue de chegar até o pênis, dificultando uma ereção. Quando o homem está inseguro também pode fazer com que seu desempenho na cama seja prejudicado. O importante é ir seguro e relaxado, assim o sexo será prazeroso para todos.

Por isso, se entregue ao prazer sexual e invista em novas posições, por exemplo. Você pode chamar sua parceria para sentar no seu colo e propor uma penetração mais profunda. Para deixar o momento ainda melhor, você pode apresentar a ela um masturbador de clitóris.  

Qual o benefício de ter um pênis considerado GG?

Em relação ao prazer durante a transa, não tem nenhum. A importância dada para o tamanho do pênis ainda é muito forte na cultura brasileira, o que deixa os homens considerados “não GGs” com medo e insegurança. Porém, um pênis acima da média pode gerar incômodo para as mulheres, sabia?

A profundidade da vagina varia de 10 a 12 cm quando excitada e o prazer não é influenciado pelo tamanho do pênis na hora da penetração. Homens “avantajados” devem tomar cuidado, pois membros com mais de 14 cm podem encostar no colo do útero, gerando dores e desconfortos. Nesse caso, o casal deve encontrar posições que satisfaçam os dois e não machuquem ninguém.  

É possível aumentar o tamanho do pênis?

Bom, até o momento nenhum procedimento cirúrgico que aumente o pênis é certeiro e eficaz, alguns podem causar problemas até no desempenho sexual. Existem produtos em lojas eróticas que aumentam o tamanho do pênis, por provocar maior fluxo sanguíneo, inchaço e outros processos que podem aumentar o pênis. Existem capas penianas que aumentam o tamanho instantaneamente em comprimento e espessura, que se torna interessante se o pênis for fino, por exemplo, ou se você quer tentar novas sensações com um aumento momentâneo. Usar bomba peniana antes da relação é uma boa pedida para deixar o pênis com um volume maior e com mais rigidez.

Curiosidade:

Um levantamento realizado pela Associação Brasileira das Empresas do Mercado Erótico e Sensual (Abeme) afirma que a venda de produtos eróticos cresceu significantemente nos últimos anos. O top 3 produtos eróticos consumidos pelos homens são:  

1º Gel Lubrificante;

2º Desenvolvedor peniano ou bomba peniana;

3º Alongador peniano (capa de três cm que alonga o membro).

Preocupe-se em apimentar sua relação, quebrar a rotina na cama, proporcionar prazer a sua parceira e investir em acessórios e produtos eróticos que possam deixar as preliminares ainda melhores. Insegurança e tensão não combinam com sexo, por isso, potencialize a condução do sexo de maneira parceira, gostosa e cheia de sintonia com sua parceira.

Entregue-se ao prazer sexual sem se preocupar com o tamanho, saiba que ele não interfere na qualidade do sexo.